Desde o anúncio da sua chegada ao mercado Brasileiro, desta vez no segmento de eletrônicos; a Amazon vem despertando a curiosidade e aumentando as dúvidas entre os varejistas. Entre tantas dúvidas, a grande maioria dos varejistas deseja saber se o cenário da Amazon é favorável do ponto de vista financeiro e operacional. 

Qual é o tamanho da Amazon em relação aos grandes players no segmento de marketplace no Brasil? Para entender o tamanho e a importância de uma operação como a da Amazon no mercado nacional, basta observar o ocorrido com as ações da empresa B2W líder de segmento que perdeu 18% no valor de suas ações e o Mercado Livre que teria perdido 1 bilhão de dólares. Não podemos ignorar os anos de expertise no mercado nacional que empresas como a B2W e Mercado Livre possuem. Mas a Amazon pretende chegar com mais de 110 mil eletrônicos em sua operação. Além de trazer seu know-how adquirido através de anos de experiência no mercado mundial, motivos que transformam a empresa referência em seu segmento.

Qual é o futuro da Amazon no Brasil? Ainda é cedo para dizer se o modelo da Amazon será um sucesso no mercado nacional. Em seu modelo de vendas de livros, a Amazon é quem realiza as entregas. Agora com a inserção de eletrônicos em sua operação, a responsabilidade da entrega é totalmente do varejista. Segundo Alex Szapiro Country Manager da Amazon no país, o varejista poderá contar com mais de 53 regiões para otimizar o frete, seja através dos correios ou de outros players logísticos. Além disso a plataforma conta com um centro de controle, para que o varejista possa prestar atendimento ao cliente. A Amazon estipulou um prazo de 48 horas para que seja feito o despacho da mercadoria. Caso contrário, o varejista perderá sua relevância dentro da página de compras da Amazon. Nada de novo até aqui; o certo é que a relevância e a qualidade do serviço, assim como nos demais marketplaces, ficará por conta da qualidade de operação e atendimento dos lojistas. A Amazon inicia sua operação apenas com vendas de eletrônicos, segmento que lidera com 36% o ranking de intenção de compra dos brasileiros. O setor ainda conta com uma taxa média de conversão de 1,6% e ticket médio 70% superior ao de outras categorias. Isso tudo transforma o cenário da Amazon e também dos varejistas muito favorável.

Quanto vai custar para o lojista que pretende vender seus produtos na Amazon?Talvez aqui esteja o maior diferencial no ponto de vista dos varejistas. A Amazon promete chegar ao mercado nacional com dois planos. O plano Profissional: com mensalidade de R$ 19,00 (grátis nos 3 primeiros meses) e uma taxa de comissão promocional com prazo indefinido de 10%. E o plano Individual: esse plano é dedicado a pequenos varejistas que pretendem fazer menos do que 10 vendas mês. Esse plano não possui mensalidade; porém nesse plano, além da taxa de comissão de 10% promocional e com prazo indefinido, será cobrado uma taxa de R$ 2,00 por item vendido. Isso significa uma diferença expressiva, oferecendo uma margem maior para os lojistas em relação ao preço atualmente praticado pelos demais concorrentes de peso do mercado.

O que o varejista precisa para vender seus produtos na Amazon? Uma boa plataforma é primordial. Através dela, você poderá realizar suas integrações de produtos com tranquilidade. Quem já vendeu ou vende no marketplace sabe, as descrições, fotos, a sincronização das grades de tamanho e cor, fazem toda a diferença no buy-box aumentando expressivamente a conversão do varejista. Além disso você precisa contar com a confiança e estabilidade dos servidores para vendas em épocas como a Black Friday. A FBITS oferece sem custos adicionais para seus clientes a integração direta com o marketplace da Amazon, a segurança e estabilidade da melhor plataforma de e-commerce do Brasil com um SLA de 99,95%. Você poderá contar também com uma equipe de suporte dedicada e com conhecimento no assunto além gestores para te auxiliar na inteligência de vendas do seu negócio.

 
Alexsandro Santos 
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

Comentários

    Artigos nessa seção