Com a API da Tray Corp, o lojista consegue baixar todos os pedidos quantas vezes forem necessárias, no retorno é por formato de dados (JSON) que facilita o mapeamento com o ERP.

Para capturar os pedidos, o sistema que irá se conectar ao API deverá enviar alguns dados obrigatórios, além da chave de acesso, como:

 

  • dataInicial;
  • dataFinal.

 

Os dois deverão estar no formato ano - mês - dia). 

Além destes, existem alguns campos opcionais que ajudam a filtrar a lista de pedido, como:

 

  • enumTipoFiltroData (por qual data se deseja ordenar o retorno dos pedidos - padrão “dataPedido” );
  • situacoesPedido (lista das situações que se deseja);
  • formasPagamento (lista das formas de pagamento que se deseja);
  • pagina (para não vir todos os pedidos, a API retorna os pedidos paginados, com isso os retornos das requisições ficarão mais rápidos);
  • quantidadeRegistros (essa opção é para dizer quantos pedidos deverão ser retornados em cada página - padrão 50).

 

Após fazer a requisição, a API da Tray Corp retornará a lista de pedidos conforme filtrado.

Importante: a lista de pedidos sempre é retornada na ordem decrescente pelo campo enumTipoFiltroData e isso influencia diretamente na lista de retorno.

Para isso, basta acessar a API, clicar em API Explorer e informar o token, em seguida, clicar no endpoint GET/ pedidos.

32.PNG

Luana Serabion 
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

Comentários

    Artigos nessa seção